Melhor do mundo, Djokovic celebra vitória em Londres

Venceu, quando tinha que vencer. Depois de perder para o suiço Roger Federer na primeira fase do Torneio dos Campeões da ATP, o sérvio Novak Djokovis reencontrou seu rival na grande final da competição, mas dessa vez a história foi diferente, e por 2 sets a 0 (6/3 e 6/4) conquistou o titulo do último torneio do ano.

Foi, simplesmente, o 11° título de Djokovic na temporada e, claro, o 1° lugar disparado garantido no ranking. Com a derrota, Federer perdeu também a chance de terminar o ano como segundo melhor tenista do mundo, posto que ficou com Andy Murray, eliminado ainda na primeira fase do torneio.

“Obviamente estou muito orgulhoso pelo que consegui esse ano. Graças às pessoas que estão ao meu redor eu conheci chegar onde estou. Quando você é uma criança, sonhando, você sonha em momentos como esse. Obrigado por fazerem este dia tão especial. Agora vou tirar algumas semanas de férias para estar com minha família, ficar longe do tênis por um pouco”, disse Djokovic.